Apenas creia.

"não deixe que seus pensamentos, suas palavras, nem as suas ações contradigam aquilo que Deus diz a respeito de você..."

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

No pensamento

Você chegou tão de repente, tão bonita, numa simplicidade, num jeito sem que fizesse o menor jeito pra chamar minha atenção. De repente, você me foi apresentada e ali, te olhando nos olhos, segurando a tua mão, a despretensão da solidão de uma noite sem sentido, a partir daquele instante fez-se festa dentro de mim numa contida alegria.

Numa noite onde se sai à rua, sem a lógica de um lugar certo, desarmado de qualquer intenção. Sai de casa, liga pros amigos procurando apenas distração, mas o que parecia mais uma noite comum, com apenas alguns truques para enganar a solidão, você chega. Como uma mágica de um sonho e pura fantasia, me abre os olhos e me fez perceber que, nem mesmo a pior solidão é mais forte do que aquele “friozinho” na barriga que senti quando meus olhos te viram pela primeira vez.

Mas a gente fica meio recrudescido com o tempo e pensei que fosse apenas uma coisa de momento, daquelas coisas que acontecem quando a gente tá sentindo falta de um amor pra sonhar, de um carinho à flor da pele, com saudade dos desejos que sufocam a solidão. Mas você veio tão perfeita, tão linda, com um olhar que não pude me conter e, a partir daquele instante, me senti de volta à vida.

Você ali tão perto me deixou à vontade sem perceber. Aproveitei pra ver o espetáculo do teu jeito, teu perfume, tua alegria, o charme de uma mulher tão ausente de mim e ao mesmo tempo intensamente presente nos detalhes daquele momento inesquecível. Esqueci da solidão num primeiro abraço quando lhe tirei para dançar e eu queria não acreditar para dominar o sentimento que eu já não podia mais conter e aquela coisa mágica, que não sei qual nome ainda dizer, inundou quando vi que ali tão perto de mim era você.

Mas você ali ficou completamente solta e não deu pra perceber que o tempo pra mim parou. Você tomou conta de cada espaço sem precisar fazer nada. No entanto, presa e ainda envolvida pelos segredos que gritavam dentro de você quando cada canção tocava e te tocava, eu me satisfazia por te sentir ali perto, ao alcance das mãos e dos meus olhos.

Tudo se transformou em apenas uma noite e a lembrança daquela noite sobrevive. Mas você não foi pra mim apenas uma noite que acabou quando amanheceu. Você não foi somente o encanto de um sorriso daqueles que não dá mais pra esquecer, você não foi apenas aquela que chegou e tomou conta do meu coração; você é daquelas coisas que quando vem, faz de uma noite tão simples a noite mais linda que já vivi, e, nela... Estava você.