Apenas creia.

"não deixe que seus pensamentos, suas palavras, nem as suas ações contradigam aquilo que Deus diz a respeito de você..."

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

sozinho


Sozinho

Estou só sem ninguém mais para cuidar de mim e me ouvir.
Se foi a incerteza de viver o obscuro sentir do querer-te. Trouxe-me face a face a essa dor, o desencontro total do nosso amor esbarra no meu perplexo sentir.
Quando partiu me deixando com alguém que pouco conheceu e muito confiou. Acreditando cuidar por causa da dor, uma dor que pudera sente. Mas tudo sumiu, mas você se faz presente parecendo ainda dar-me todo amor, mas em quem acreditou me confundiu e sufocou.
Quem comigo estar não sabe compartilhar a agonia e o eufórico sofrimento. Eu passo, e ainda passa desapercebida essa tristeza fúnebre sem medida que, provoca meu choro sem lágrima caída, se fazendo a todo momento. Eu reconhecendo e agora querendo todo teu amor.
Já tão distante do homem vencedor iludido pela íntima beleza que comigo estava, uma pura ilusão do carinho que me dava; atitudes nunca vistas naquele amor. Suas lembranças foram para mim o que sobrou, um exemplo firme de uma coragem e assim quero cumprir o que de mim esperou.
Não vai existir algo ou alguém para fazer como me fizeste tanto bem. Todos contrários, não existe pureza, ninguém me ama com tanta delicadeza e só agora sinto falta do teu amor que pensei em outra pessoa encontrar. Mas não há aquele amor sofredor.
E se muitos estão sorrindo, não importa eu choro. Pois no lugar onde moro só me traz você felizmente. Que foi o maior exemplo de viver, minha saudade do nunca mais amor, do sentir-se eternamente descontente.

·
Texto escrito em 28.dez.1996. Confere com o original.